Mais de 235 mil eleitores comparecem ao Mutirão da Biometria

O eleitor que ainda não realizou o cadastramento biométrico pode agendá-lo no site do TRE-SP

Biometria TRE-SP

Durante os quatro dias do Mutirão da Biometria (2, 8, 9 e 16), os eleitores paulistas tiveram a oportunidade de realizar o cadastramento das suas digitais nos postos de atendimento e cartórios eleitorais de todo o Estado. Até as 17 horas deste sábado (16), último dia da iniciativa, foram totalizados mais de 235 mil atendimentos no Estado, sendo 56 mil só na capital.

O Mutirão caracterizou-se por um movimento intenso e contínuo de eleitores em praticamente todo o Estado. O atendimento aconteceu aos sábados e na sexta-feira (8),  feriado na Justiça, das 9h às 18h, por ordem de chegada, de acordo com a capacidade de cada local. No primeiro sábado (2), em grande parte dos cartórios houve filas e a distribuição de senhas foi encerrada antes das 18h. No entanto, nos plantões seguintes, apesar do grande número de eleitores, não houve registro significativo de formação de filas.

Nádhia Nakaya, coordenadora do posto de atendimento ao eleitor localizado na rua Dr. Falcão Filho, no Anhangabaú, em São Paulo, informou que, neste sábado (16), “a todo momento chegavam eleitores, mas não houve filas e o atendimento transcorreu normalmente”.

Em Botucatu, só neste sábado (16) de Mutirão, foram atendidos 1.189 eleitores até as 17h, horário de fechamento desta matéria. “Apesar do número expressivo, não há filas. Como a cidade passa pela biometria obrigatória, temos uma ampla capacidade de atendimento, inclusive com posto no shopping”, informou Adriana Wludarski, chefe-substituta da 26ª Zona Eleitoral.

Os eleitores dos 84 municípios do Estado de São Paulo onde a biometria é obrigatória devem ficar atentos aos respectivos prazos, que expiram em março de 2018. Aqueles que ainda não realizaram o procedimento devem agendar o atendimento nos horários disponíveis no site do TRE-SP. Nessas cidades, os eleitores já utilizarão as digitais para votar nas eleições de 2018.

No município de São Paulo e na maior parte das cidades do Estado a biometria ainda não é obrigatória, portanto não há a exigência do cadastramento biométrico. No entanto, a Justiça Eleitoral recomenda que os eleitores se adiantem e agendem o atendimento no site do TRE-SP para evitar filas no futuro.

Atualmente, o Estado de São Paulo conta com 32,7 milhões de eleitores. Desses, cerca de 10,6 milhões (32%) fizeram o cadastramento biométrico. A meta da Justiça Eleitoral é habilitar 100% do eleitorado do país até o ano de 2022.

 

Siga nosso twitter oficial @trespjusbr

Curta nossa página oficial no Facebook www.facebook.com/tresp.oficial

Últimas notícias postadas

Recentes