“Ninguém conseguiu invadir o sistema e oferecer risco para o resultado das eleições”, afirmou Barroso sobre o TPS 2021

Presidente do TSE informou os resultados do Teste Público de Segurança em coletiva de imprensa

TPS

Em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (29), o presidente
do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, divulgou os
resultados do Teste Público de Segurança (TPS) 2021. O TPS é um evento
em que o TSE entrega os códigos-fonte, sistemas e as próprias urnas para
“hackers do bem” realizarem ataques, com o objetivo de descobrir
possíveis falhas.

Foram 26 investigadoras e investigadores, com 29 planos de ataque.
Destes 29, 24 não obtiveram sucesso algum, não conseguindo ultrapassar
nenhuma das barreiras de segurança.

As outras cinco investidas encontraram “achados”, que são pontos de
segurança passíveis de aperfeiçoamento pela Justiça Eleitoral. Porém
nenhum deles verdadeiramente grave, com potencial de alterar o resultado
das eleições. “Ninguém conseguiu invadir o sistema e oferecer risco para
o resultado das eleições”, afirmou o presidente do TSE.

Barroso apontou cinco achados considerados relevantes, a serem estudados
pelos técnicos da Justiça Eleitoral para as eleições de 2022. Entre
eles, um ataque realizado por técnicos da Polícia Federal, que
ultrapassou a rede de transmissão e alcançou a rede do TSE, mas que não
conseguiu adulterar votos ou mexer em sistemas.

Barroso lembrou que o TPS é realizado justamente para encontrar
possíveis falhas no sistema eleitoral. Uma vez que os mecanismos de
ataque se tornam cada vez mais sofisticados, eles são utilizados para
aprimoramento dos mecanismos de defesa da Justiça Eleitoral.

Segundo o presidente do TSE, esses achados são relevantes, mas não são
preocupantes, porque só são consideradas graves as falhas com potencial
de mudar o resultado das eleições.

O próximo passo é o teste de confirmação, que ocorrerá em maio. Esses
mesmos investigadores que conseguiram encontrar achados, voltam para
repetir os ataques e a Justiça Eleitoral verificará se a segurança foi
aprimorada, de forma a bloqueá-los.

A gravação do evento está disponível no canal no YouTube do TSE. Mais informações sobre o
TPS podem ser encontradas aqui.

 

Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/tresp.oficial

Siga nosso twitter oficial trespjusbr

Siga nosso Instagram @trespjus

Últimas notícias postadas

Recentes