Quinze cidades do segundo turno em SP terão auditoria

Sorteio das urnas eletrônicas a serem auditadas foi realizado neste sábado (28)

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) organizou na manhã deste sábado (28), em sua sede na capital paulista, cerimônia pública de sorteio de urnas eletrônicas para auditoria. O evento, realizado no Plenário da Corte, teve a mesa formada pelo presidente do Tribunal, des. Waldir Sebastião de Nuevo Campos Junior, o vice-presidente e corregedor regional eleitoral, des. Paulo Galizia, o presidente da Comissão de Auditoria, des. José Antonio Encinas Manfré, o procurador regional eleitoral, Sérgio Medeiros, e o representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP), Hélio da Silveira.

O presidente do TRE destacou a segurança das urnas eletrônicas, afirmando que as auditorias dão ainda mais transparência ao processo eleitoral. "Utilizamos as urnas há 24 anos. Nunca houve qualquer tipo de fraude ou anulação da votação", afirmou.

O procurador regional eleitoral também realizou defesa veemente dos equipamentos. "Cada nação tem a liberdade de escolher como será o seu processo eleitoral, e o nosso é que o há de mais avançado no mundo. Investimos em tecnologia e recebemos segurança. A urna somente colhe o que o eleitor planta", destacou.

O trabalho de auditoria é realizado de duas formas. Para a auditoria de urnas eletrônicas sob condições normais de uso (votação paralela), foram sorteados cinco equipamentos: uma de um cartório da capital (Lapa), dois da Grande São Paulo (Guarulhos e Taboão da Serra) e dois do interior do Estado (Campinas e São Vicente). Essas urnas, que já se encontravam nos respectivos locais de votação, lacrados e instalados, serão transportados ao Tribunal de automóvel ainda neste sábado, sendo substituídos por outros de contingência para a votação de domingo.

A segunda auditoria é a de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas. Para esse procedimento, foram sorteadas dez urnas, que terão seus programas testados neste domingo na própria seção eleitoral, antes da abertura do horário de votação, das 6h às 7h. Os equipamentos são os de Bauru, Diadema, Limeira, Mauá, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Praia Grande, Ribeirão Preto, Sorocaba e Taubaté.

O sorteio de 15 urnas teve o critério para não repetir cidades. Assim, entre os 16 municípios com segundo turno, apenas Franca acabou não indicada. Para ambos os procedimentos, foram sorteados também a seção eleitoral, correspondendo, portanto, a uma urna eletrônica específica a ser testada.

Veja as zonas eleitorais e seções sorteadas para a votação paralela:

185a ZE - Guarulhos - Seção Eleitoral 52

340a ZE - São Vicente - Seção Eleitoral 382

416a ZE - Taboão da Serra - Seção Eleitoral 290

379a ZE - Campinas - Seção Eleitoral 265

250a ZE - São Paulo (Lapa) - Seção Eleitoral 203

 

Veja as zonas eleitorais e seções sorteadas para a auditoria de integridade dos sistemas:

141a ZE - Taubaté - Seção Eleitoral 119

343a ZE - Sorocaba - Seção Eleitoral 298

365a ZE - Mauá - Seção Eleitoral 157

222a ZE - Diadema - Seção Eleitoral 74

300a ZE - Bauru - Seção Eleitoral 37

270a ZE - Piracicaba - Seção Eleitoral 69

305a ZE - Ribeirão Preto - Seção Eleitoral 187

074a ZE - Mogi das Cruzes - Seção Eleitoral 184

317a ZE - Praia Grande - Seção Eleitoral 356

399a ZE - Limeira - Seção Eleitoral 10

Últimas notícias postadas

Recentes