Encontros sobre memória da Justiça Eleitoral em Brasília têm participação do TRE-SP

Objetivo dos eventos, realizados no TSE, é promover o planejamento de ações de resgate histórico e boas práticas na área da gestão da informação bibliográfica

Encontros sobre memória da Justiça Eleitoral em Brasília têm participação do TRE-SP
O coordenador de Gestão da Informação do TRE-SP, Valtier de Barros Veloso (1º à esq.), e o juiz da 421º Zona Eleitoral — Teotônio Vilela, Carlos Alexandre Böttcher (centro), participaram dos debates

Nos dias 5 e 6 de dezembro, representantes do TRE-SP estiveram presentes no IV Encontro da Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral e no II Encontro da Rede de Memória Eleitoral, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. O objetivo dos eventos é promover o compartilhamento de soluções para aprimorar a gestão da informação bibliográfica e o planejamento de ações de resgate da memória institucional eleitoral.

O coordenador da Comissão de Gestão da Memória do TRE-SP, juiz eleitoral Carlos Alexandre Böttcher, proferiu a palestra “Redes e gestão de memória: Desafios da Justiça Eleitoral”, enquanto o coordenador de Gestão da Informação do TRE-SP, Valtier de Barros Veloso, apresentou o trabalho “A valorização da gestão documental e da informação a partir da reestruturação no TRE-SP”. Também representaram a Corte Eleitoral paulista a coordenadora de Gestão Documental do TRE-SP, Luci Amancio, e o chefe do Centro de Memória Eleitoral (Cemel) do TRE-SP, José D’Amico Bauab.

“Foi possível trocar conhecimentos sobre a construção colaborativa de uma política de Gestão de Memória e de Gestão Documental com diretrizes e regras específicas para toda a Justiça Eleitoral, em consonância com as políticas nacionais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)”, disse o juiz eleitoral.

Na opinião do juiz, cada vez mais os espaços destinados à memória dos Tribunais Eleitorais (arquivos, bibliotecas, museus, centros de memória) devem trabalhar de forma cooperativa em prol da preservação e da difusão do patrimônio cultural institucional, que é também nacional. “Isso fortalece o papel da Justiça Eleitoral como guardiã de nossa democracia.”

O coordenador de Gestão da Informação do TRE-SP, Valtier de Barros Veloso; o juiz da 421º Zona E...

O coordenador de Gestão da Informação do TRE-SP, Valtier de Barros Veloso; o juiz da 421º Zona Eleitoral — Teotônio Vilela, Carlos Alexandre Böttcher; a coordenadora de Gestão Documental do Tribunal, Luci Amancio; e o chefe do Centro de Memória Eleitoral (Cemel) do TRE-SP, José D’Amico Bauab.

O coordenador de Gestão da Informação, Valtier de Barros Veloso, apresentou a experiência no TRE-SP na área, analisando a evolução nas estruturas internas do Tribunal nessa área.  “Ao longo do tempo, cresceu a necessidade de se agrupar sob uma mesma coordenação as unidades ligadas à gestão da informação e da documentação”, afirmou.

Eleição

Durante os eventos em Brasília, dois servidores do TRE-SP foram eleitos para integrar comitês que aprimoram e valorizam acervos da Justiça Eleitoral.

O coordenador de Gestão da Informação do TRE-SP, Valtier de Barros Veloso, foi eleito para a Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral. Integrantes dos TREs do Tocantins, Pernambuco e Rio Grande do Sul também farão parte do grupo.

Já a coordenadora de Gestão Documental do TRE-SP, Luci Amancio, foi eleita para a Rede Memória Eleitoral, ao lado de servidores das Cortes Eleitorais do Paraná, Rio de Janeiro e Sergipe.


imprensa@tre-sp.jus.br

Acompanhe nossas redes

Logo Facebook | Logo Instagram | Logo Twitter | Logo Youtube | Logo Tik Tok 

icone mapa

Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo
Rua Francisca Miquelina, 123
Bela Vista - São Paulo - SP - Brasil
CEP: 01316-900
CNPJ(MF): 06.302.492/0001-56

Icone Protocolo Administrativo

PABX:
(11) 3130 2000
_____________________
Central de Atendimento Telefônico ao Eleitor
148  e  (11) 3130 2100
Custo de ligação local para todo o Estado

Icone horário de funcionamento dos protocolos

Horário de funcionamento
Secretaria - Protocolo:
de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h
Zonas Eleitorais:
de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h 

Acesso rápido