Novo calendário eleitoral é publicado pelo TSE

Alteração das datas se deve à pandemia de novo coronavírus

Novo calendário

A Emenda Constitucional 107/2020, aprovada devido à pandemia de Covid-19, alterou a data das eleições municipais para 15 de novembro. Se houver segundo turno, que ocorre apenas em cidades com mais de 200 mil eleitores, o pleito será em 29 de novembro.

Essa mudança repercutiu em datas de vários outros eventos do processo eleitoral.

Resolução do TSE, aprovada em sessão administrativa nesta quinta-feira (13), estabelece o novo calendário eleitoral. Confira as principais datas:

11 de agosto: Data a partir da qual é vedado às emissoras de rádio e de televisão transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato (Lei nº 9.504/1997, art. 45, § 1º).

31 de agosto a 16 de setembro: realização de convenções partidárias para definição de coligações e escolha dos candidatos. As convenções podem ser feitas de forma virtual

26 de setembro: Último dia para os partidos políticos e as coligações apresentarem à Justiça Eleitoral, até as 19h (dezenove horas), o requerimento de registro de seus candidatos, sendo possível a transmissão via internet até as 8h (oito horas) (Lei nº 9.504/1997, art. 11, caput)

26 de setembro: Último dia para que os partidos providenciem a abertura de conta bancária  específica  destinada  ao  recebimento  de  doações  de  pessoas físicas  para  a  campanha  eleitoral

27 de setembro: Início da Propaganda Eleitoral, inclusive na internet

09 de outubro a 12 de novembro – período da veiculação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão relativa ao primeiro turno

13 de novembro: Último dia para a divulgação paga, na imprensa escrita, de propaganda eleitoral e a reprodução, na internet, de jornal impresso com propaganda eleitoral relativa ao primeiro turno (Lei nº 9.504/1997, art. 43, caput)

14 de novembro: Último dia para a propaganda eleitoral mediante alto-falantes ou amplificadores de som, entre as 8h (oito horas) e as 22h (vinte e duas horas) (Lei nº 9.504/1997, art. 39, §§ 3º e 5º, I); Último dia, até as 22h (vinte e duas horas), para a distribuição de material gráfico, caminhada, carreata ou passeata, acompanhados ou não por carro de som ou minitrio (Lei nº 9.504/1997, art. 39, §§ 9º e 11).

15 de novembro: 1º turno das eleições

29 de novembro: 2º turno das eleições

15 de dezembro: Último dia para entrega, por candidatos e partidos, das prestações de contas referentes ao primeiro e segundo turnos

18 de dezembro: Prazo final para diplomação dos eleitos

Data-limite para realização do pleito

A Emenda Constitucional e a Resolução do TSE definem o dia 27 de dezembro como data-limite para a realização do pleito, no caso de as condições sanitárias de estado ou munícipio não permitirem a realização das eleições nas datas convencionais (15 e 29 de novembro).

Confira aqui o texto final da Emenda Constitucional nº 107/2020.

Confira aqui o novo Calendário Eleitoral de 2020 (sem revisão).
Confira aqui a Resolução que altera os Atos Gerais do Processo Eleitoral (sem revisão). 
Confira aqui a Resolução que altera o Cronograma Geral do Cadastro Eleitoral (sem revisão). 
confira aqui a Resolução que promove ajustes normativos nas resoluções das Eleições 2020 (sem revisão).

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes