TRE participa de reunião sobre combate à desinformação

O objetivo da reunião é ajustar estratégias para o combate de informações falsas nas eleições municipais de 2020

Des. Cauduro Padin e Nuevo Campos

Na última segunda-feira (11), o grupo gestor do Programa de Enfrentamento à Desinformação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu, em Brasília, representantes de políticas públicas e advogados do Google, Facebook, WhatsApp e Twitter, para reuniões com cada uma das plataformas, com o objetivo de ajustar estratégias de combate às informações falsas nas Eleições Municipais de 2020.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), des. Carlos Eduardo Cauduro Padin, e o vice-presidente e corregedor regional eleitoral, des. Waldir Sebastião de Nuevo Campos Junior, que são membros do grupo gestor, participaram dos encontros.

As reuniões serviram para aperfeiçoar os canais de comunicação dessas empresas com a Justiça Eleitoral, identificar pontos em comum e definir ações concretas dentro da política de moderação e direcionamento de conteúdos de cada plataforma, bem como para potencializar a utilização das evoluções tecnológicas na disseminação de informações oficiais da Justiça Eleitoral.

Em outubro, as quatro plataformas de redes sociais assinaram o termo de adesão ao Programa de Enfrentamento à Desinformação, comprometendo-se a atuar ativamente para desestimular ações de proliferação de informações falsas e aprimorar ferramentas de verificação de eventuais práticas de disseminação de desinformação.

Os encontros foram presididos pelo juiz auxiliar do TSE e coordenador do grupo gestor, Ricardo Fioreze. Segundo ele, conhecendo melhor o funcionamento das plataformas, será possível, quando necessário, solicitar ou determinar alguma providência que diga respeito ao seu uso e também saber o que pode ser feito em termos técnicos.

“Temos uma grande expectativa de alcançar maior êxito no combate à desinformação exatamente porque essas plataformas que aderiram ao programa utilizam tecnologia de ponta e têm condições de aperfeiçoar as suas ferramentas no sentido de educar melhor o usuário em relação a certos temas e também em relação a todos os prejuízos que a desinformação pode causar”, afirmou .

Também participaram do evento o juiz auxiliar do auxiliar do TSE Nicolau Konkel Junior; a assessora-chefe de Comunicação do TSE, Ana Cristina Rosa; e a assessora-chefe de Gestão Estratégica e Socioambiental (Ages) da Corte Eleitoral, Julianna Sesconetto.

 

* Com informações do TSE

 

 

Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/tresp.oficial 

Siga nosso twitter oficial @trespjusbr 

Siga nosso Instagram @trespjus 

Últimas notícias postadas

Recentes