Tribunal rejeita contas de 2016 do diretório estadual do PT

Da decisão, cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral

Imagem geral sobre assunto Prestação de Contas com a mesma identidade visual da campanha das Eleições 2018

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) desaprovou, em sessão realizada na tarde desta segunda-feira (11), as contas do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), relativas ao exercício de 2016. A decisão foi unânime.

Em virtude da desaprovação, a Corte determinou o recolhimento do montante de R$ 1.759.250,00 ao Tesouro Nacional, bem como a sanção de suspensão do recebimento de recursos do Fundo Partidário pelo período de 12 meses. A suspensão tem eficácia a partir do ano seguinte ao trânsito em julgado desta decisão.

Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Siga nosso twitter oficial @trespjusbr

Curta nossa página oficial no Facebook www.facebook.com/tresp.oficial

Últimas notícias postadas

Recentes