TRE recebe visita do Núcleo Bandeirante Bororós

Integrantes do Núcleo Bororós participaram de palestra de educação para a cidadania organizada pela Escola Judiciária Eleitoral Paulista (EJEP)

O plenário do TRE-SP foi palco de um evento especial nesta quarta-feira (11). Cerca de 15 jovens...

O plenário do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) foi palco de um evento especial na última quarta-feira (11). Cerca de 15 jovens integrantes do Núcleo Bandeirante Bororós, todas entre 15 e 18 anos, participaram de palestra de educação para a cidadania organizada pela Escola Judiciária Eleitoral Paulista (EJEP), com o apoio da  Assessoria de Planejamento Estratégico e de Eleições do Tribunal.

A palestra foi ministrada por servidores da EJEP. Foram abordadas a estrutura da Justiça Eleitoral e a importância do voto, da democracia e da participação feminina na política, além de destacada a relevância da identificação biométrica, mote de uma das principais campanhas do TSE atualmente. 

As bandeirantes fizeram diversas perguntas durante o evento, mostrando grande interesse no assunto. Após as palestras, as meninas aproveitaram a ocasião para realizar a biometria nos três guichês de atendimento especialmente montados na antessala do plenário do Tribunal. Algumas delas tiraram o título eleitoral pela primeira vez. Ao final do encontro, a EJEP destacou a importância dessa visita, especialmente em relação à conscientização democrática das jovens eleitoras.

O evento ocorreu por iniciativa do próprio Núcleo Bororós, em consulta ao Tribunal para comunicar o interesse. Segundo as metas anuais do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), os TREs devem promover ações voltadas ao esclarecimento dos direitos e deveres do eleitor, da importância do ato de votar, da autonomia do eleitor na escolha do candidato e do exercício do voto consciente.

A associação beneficente Bororós, sediada em São Paulo, reúne um grupo escoteiro e um núcleo bandeirante. O bandeirantismo é um movimento educacional com a missão de ajudar crianças e jovens a alcançarem o ápice do seu potencial como responsáveis cidadãos do mundo. Ainda que a participação seja aberta a meninos, o bandeirantismo ficou historicamente ligado a integrantes do sexo feminino.

 

Siga nosso twitter oficial @trespjusbr

Curta nossa página oficial no Facebook www.facebook.com/tresp.oficial

Assista nossos vídeos no YouTube

Últimas notícias postadas

Recentes