TRE abre posto de biometria nas Paralimpíadas Universitárias

Atletas e público em geral podem fazer biometria no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro

Outra opção de imagem

A partir desta quarta-feira (24), começará a funcionar o posto de atendimento da Justiça Eleitoral paulista nas Paralimpíadas Universitárias 2019. A unidade ficará aberta durante toda a competição, organizada no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, no bairro Vila Guarani, em São Paulo, entre os dias 24 e 26 de julho.

O posto, que funcionará das 10h às 17h, terá oito kits biométricos e capacidade para receber aproximadamente 280 eleitores por dia. A unidade atenderá o público em geral, incluindo atletas, acompanhantes, técnicos, espectadores e membros da imprensa.

Desse modo, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) proporciona mais uma facilidade para o eleitor fazer a sua biometria. Será ainda uma oportunidade para o cidadão transferir seu título a uma seção eleitoral acessível.

Para ser atendido, o eleitor deve portar: documento oficial original de identificação; comprovante de residência recente, com menos de três meses de emissão; e título eleitoral, se tiver.

As Paralimpíadas Universitárias têm por finalidade estimular a participação de estudantes com deficiência em atividades esportivas, envolvendo instituições de Ensino Superior de todo o país. O evento, neste ano, contará com disputas em oito modalidades: atletismo, bocha, basquete 3x3, judô, natação, prabadminton, tênis de mesa e tênis em cadeira de rodas.

Campanha Voto Acessível

A inauguração do posto integra a campanha Voto Acessível, elaborada pelo TRE-SP em parceria com a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo e o Comitê Paralímpico Brasileiro.

Ao longo do mês de julho, o Tribunal tem vinculado uma série de vídeos, em seu site e redes sociais, com mensagens de atletas paralímpicos incentivando o voto do eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida. Já participaram os profissionais Alan Fonteles (atletismo), Carlos Pierre Silva de Jesus (atletismo), Lorena Spoladore (atletismo) e Maria Dayanne da Silva (natação).

Para a campanha, a Justiça Eleitoral produziu também a cartilha eletrônica Voto Acessível, que aponta as providências adotadas pela Justiça Eleitoral no intuito de garantir o exercício do voto a todos os seus eleitores, independentemente de restrição ou mobilidade reduzida.

 

 

Curta nossa página no Facebook www.facebook.com/tresp.oficial 

Siga nosso Instagram @trespjus 

Siga nosso twitter oficial @trespjusbr

Últimas notícias postadas

Recentes