Planejamento estratégico

O primeiro ciclo de Planejamento Estratégico do TRE-SP, inicialmente previsto para vigorar até 2014, foi definido pela Resolução TRE-SP 213/2009 e revisto pela Res. TRE-SP 273/2013. Entretanto, para que a elaboração do novo Plano Estratégico não coincidisse com o período de realização das Eleições de 2014, o referido ciclo foi prorrogado até 2015, por meio da Res. TRE-SP 334/2015. 

 

Ao longo de 2015, foram realizadas uma série de encontros, reuniões e ações de capacitação a fim de propiciar a construção de um Plano Estratégico que representasse os reais desejos de avanço em temas estratégicos do TRE-SP frente ao cenário delineado, cuja construção se deu de forma colaborativa por gestores e demais servidores da Secretaria e dos Cartórios Eleitorais.

 

Buscando o alinhamento aos demais órgãos reguladores do Judiciário, a construção da Estratégia do TRE-SP levou em consideração, também:

 

a)      O Plano Estratégico do Judiciário, definido pelo Conselho Nacional de Justiça, por meio da Resolução CNJ 198/2014;

 

b)      A Estratégia do Tribunal Superior Eleitoral, definida pela Resolução TSE nº 23.439/2015.

 

 

Resolução Assunto

TSE 23.439/2015

Aprova o Planejamento Estratégico do TSE para o período de 2015-2020 e dá outras providências.

CNJ 198/2014

Dispõe sobre o Planejamento e a Gestão Estratégica no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências.

TRE-SP 367/2016

 Dispõe sobre o Plano Estratégico do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo para o período de 2016-2021 e dá outras providências. 

Nossa missão: 

"Garantir a legitimidade do processo eleitoral"

A missão institucional define a razão de existir da Organização. 

 

Nossa visão : 

"Consolidar a credibilidade da Justiça Eleitoral, especialmente quanto à efetividade, transparência e segurança"

A visão estabelece a direção, aonde a Organização quer estar em um período determinado do tempo.

Nossos valores:

"Ética, transparência, comprometimento, acessibilidade, modernidade e responsabilidade social e ambiental" 

Os valores representam as crenças básicas compartilhadas pelos membros do TRE-SP. Fazem parte da cultura do Tribunal e, por sua importância, devem ser observados em todas as atividades do Órgão. São eles:

Ética: Atuar com base nos princípios da probidade, moralidade, impessoalidade, legalidade, imparcialidade, autenticidade e integridade.

Transparência: Valorizar a publicidade e a divulgação dos dados e das informações sobre as atividades da Justiça Eleitoral Paulista.

Comprometimento: Buscar o envolvimento efetivo de todos (magistrados, servidores, convocados e voluntários) na obtenção dos resultados esperados pela instituição e pela sociedade.


Acessibilidade: Oferecer condições plenas para que os cidadãos exerçam o direito de votar e serem votados e para que todos tenham acesso aos serviços prestados pela Justiça Eleitoral.


Modernidade: Buscar a inovação, a celeridade, a segurança, a eficiência e a competência na gestão visando a plena satisfação da Missão da Justiça Eleitoral de São Paulo.


Responsabilidade Social e Ambiental: Reconhecer que a responsabilidade ambiental e social é um valor perene.

 

A partir da elaboração desse novo ciclo de Planejamento Estratégico, foi criada uma hierarquia de indicadores, dividindo-os em indicadores de esforço e indicadores de resultado.

Os indicadores de resultado são aqueles que medem diretamente o atingimento de um objetivo traçado,  enquanto os indicadores de esforço são aqueles que medem fatores que influenciam no resultado obtido pelos indicadores de resultado. Dessa maneira, pretende-se estabelecer uma relação de causa e efeito entre indicadores de níveis hierárquico diferentes, conforme a figura abaixo:

 

                                Indicadores_figura explicativa (resultado_esforço)

 

 

Assim, para cada um dos macrodesafios foi criado um indicador de resultado, que indicará, na prática, o percentual de atingimento desse objetivo, de forma que os demais indicadores atrelados ao macrodesafio serão considerados indicadores de esforço.

 

Acesse abaixo o Mapa Estratégico do TRE-SP (formato PDF) e os Indicadores de Desempenho com as respectivas fichas e metas estabelecidas para o ciclo 2016-2021:

 

 

 

Confira abaixo as resoluções relacionadas à Estratégia do TRE-SP (formato PDF):

Resolução Assunto

TRE-SP 367/2016 

Dispõe sobre o Plano Estratégico do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo para o período de 2016-2021 e dá outras providências. 

TRE-SP 363/2016

Dispõe sobre o Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação no âmbito do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo para o período de 2016 a 2021.

TRE-SP 363/2016 - Anexo I

Plano Estratégico de Tecnologia da Informação e Comunicação para o período de 2016 a 2021.

TRE-SP 394/2017

Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação para o período de 2017 a 2018.

TRE-SP 273/2013 

Estabelece o Plano Estratégico do TRE-SP para o período 2013-2014.

TRE-SP 302/2014

Altera a Resolução TRE SP 273/2013.

TRE-SP 334/2015

Dispõe sobre a prorrogação da vigênciado Plano Estratégico Institucional do TRE-SP.

TRE-SP 213/2009  

Estabelece o Plano Estratégico do TRE-SP para o período 2010-2014.