25 de julho de 2013 - 15h00
Mais informações sobre o conteúdo Impressão
Imagem da coleta digital na máquina

Recadastramento Biométrico é obrigatório em 11 municípios paulistas


O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) pretende incluir no sistema bométrico de identificação mais de 320 mil novos eleitores para as eleições 2014. Para que isso ocorra, 11 municípios paulistas passam por recadastramento obrigatório de seu eleitorado: Vinhedo (encerrado), Louveira (encerrado), Analândia (encerrado), Corumbataí (encerrado), Ipeúna (encerrado), Itirapina (encerrado), Santa Gertrudes (encerrado), Santa Maria da Serra (encerrado), São Pedro (encerrado), Águas de São Pedro (encerrado) e Embu das Artes (encerrado).

Nesses casos, os eleitores estão obrigados a fazer o recadastramento, pois só assim, com a captação das digitais de todo o eleitorado do município, é possível implantar a identificação biométrica na eleição. Nessas onze cidades, quem não comparecer ao recadastramento terá o título eleitoral cancelado.

Além dos casos em que há a obrigatoriedade, o TRE-SP também implanta a biometria em grandes centros, contudo, de forma gradativa e não compulsória. É o caso de São Paulo, Guarulhos, Osasco e São Bernardo do Campo, municípios cujas zonas eleitorais estão equipadas para fazer a captação biométrica, mas o eleitorado ainda não está obrigado a comparecer. Na eleições de 2014, portanto, o eleitor ainda não será identificado pelas digitais nesses quatro municípios.

No estado de São Paulo, a identificação biométrica já está consolidada em Nuporanga, Sales Oliveira, Jundiaí e Itupeva somando mais de 300 mil eleitores que já foram identificados pela biometria na hora do voto.

 

Mais informações:
Central de Atendimento ao Eleitor: (11) 3130-2100 ou 148*
* custo de ligação local em todo o Estado

 

Siga nosso twitter oficial @TRESPjusbr