Planejamento estratégico

O primeiro ciclo de Planejamento Estratégico do TRE-SP, inicialmente previsto para vigorar até 2014, foi definido pela Resolução TRE-SP 213/2009 e revisto pela Res. TRE-SP 273/2013. Entretanto, para que a elaboração do novo Plano Estratégico não coincidisse com o período de realização das Eleições de 2014, o referido ciclo foi prorrogado até 2015, por meio da Res. TRE-SP 334/2015. 

 

Ao longo de 2015, foram realizadas uma série de encontros, reuniões e ações de capacitação a fim de propiciar a construção de um Plano Estratégico que representasse os reais desejos de avanço em temas estratégicos do TRE-SP frente ao cenário delineado, cuja construção se deu de forma colaborativa por gestores e demais servidores da Secretaria e dos Cartórios Eleitorais.

 

Buscando o alinhamento aos demais órgãos reguladores do Judiciário, a construção da Estratégia do TRE-SP levou em consideração, também:

 

a)      O Plano Estratégico do Judiciário, definido pelo Conselho Nacional de Justiça, por meio da Resolução CNJ 198/2014;

 

b)      A Estratégia do Tribunal Superior Eleitoral, definida pela Resolução TSE nº 23.439/2015.

 

 

ResoluçãoAssunto

TSE 23.439/2015

Aprova o Planejamento Estratégico do TSE para o período de 2015-2020 e dá outras providências.

CNJ 198/2014

Dispõe sobre o Planejamento e a Gestão Estratégica no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências.

TRE-SP 367/2016

 Dispõe sobre o Plano Estratégico do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo para o período de 2016-2021 e dá outras providências. 

Gestor Responsável: Assessoria de Planejamento Estratégico e de Eleições +