Tribunal mantém cassação do prefeito de General Salgado

A decisão teve como causa a compra de votos, mediante distribuição de combustível a eleitores

Fachada da Sede I do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo

Na sessão desta quinta-feira (7), o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), por maioria de votos, negou provimento ao recurso do prefeito de General Salgado, Leandro Rogério de Oliveira, e de seu vice, Paulo César de Almeida, e manteve a cassação de ambos por compra de votos.

Segundo os magistrados, ficou configurado o abuso do poder econômico, consistente em entrega de vantagem indevida (combustível) a eleitores em troca de voto.

Da decisão, cabe recurso ao TSE.

Recurso Eleitoral nº458-10.2016.6.26.0168

Siga o nosso twitter oficial @trespjusbr

Últimas notícias postadas

Recentes

Sabia, eleitor?

Saiba mais sobre propaganda eleitoral acompanhando a série: Sabia, eleitor?