Corte eleitoral paulista lembra centenário de nascimento de Theotonio Negrão

Juízes do TRE lembram 100 anos do nascimento do jurista Theotonio Negrão

Theotonio Negrão

Na sessão plenária de segunda-feira (27), o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) lembrou o centenário de nascimento do advogado Theotonio Negrão, que foi juiz da Corte, na classe de jurista, em vários biênios desde a década de 1950.

Theotonio Negrão nasceu no município paulista de Piraju, em 6 de abril de 1917. Foi advogado militante por mais de 60 anos e presidiu a Associação dos Advogados de São Paulo. “Seus livros mais conhecidos, Código de Processo Civil e Código Civil anotados, são de consulta obrigatória na área jurídica, de que dão mostra as sucessivas edições anuais que vêm a público”, disse o presidente do TRE, desembargador Mário Devienne Ferraz.

Ainda sobre o trabalho de Theotonio Negrão, o ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal, já afirmou: “Trata-se de obra de referência que se qualifica como marco relevante no campo da pesquisa sistemática de doutrina e de jurisprudência”.

O ilustre jurista atuou no TRE-SP, como membro titular e substituto, nos biênios 1953/55, 1955/57, 1976/78, 1978/80, e 1980/83.

Theotonio Negrão faleceu em 20 de março de 2003.

 

Últimas notícias postadas

Recentes