Youtube
facebook
Twitter
Rss
Flickr

Imprensa

16 de março de 2017 - 18h40

Sessão solene de entrega do Colar do Mérito Eleitoral Paulista do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo - 16/3/2017

Colar do Mérito Eleitoral Paulista: nove homenageados na sua 11ª edição

Na tarde desta quinta-feira, 16, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) realizou a cerimônia de entrega do Colar do Mérito Eleitoral para homenagear as personalidades que prestaram serviços relevantes à Justiça Eleitoral - categoria especial - , e também os juízes da Casa após completarem um ano de exercício, somando nove condecorados no total.

Em um plenário lotado, o presidente do TRE, des. Mário Devienne Ferraz, saudou o primeiro agraciado, o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, des. Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, que, nas eleições de 2016, foi sensível às necessidades do TRE, disponibilizando servidores, equipamentos e veículos para o pleito municipal. "Entre o TJ e o TRE há sempre uma justiça de cooperação", afirmou Devienne. Sobre os condecorados André de Carvalho Ramos, procurador regional da república e procurador regional eleitoral de 2012 a 2016, assim como a desª federal Cecília Maria Piedra Marcondes, presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, Devienne lembrou que ambos são exemplos de profissionais, citando como exemplo o julgamento de ilícitos eleitorais que foram conduzidos com firmeza e segurança na defesa do livre exercício do voto.

Quanto ao agraciado Alberto Lopes Mendes Rollo, falecido este ano, Mário Devienne Ferraz trouxe à baila o brilhantismo da carreira do advogado eleitoralista, que, segundo ele,  amava o seu trabalho e o defendia com combatividade e sagacidade. Para o coronel Ricardo Gambaroni, comandante-geral da Polícia Militar de São Paulo, Devienne destacou o seu comando firme nas eleições do ano passado, quando instaurou um ambiente de paz e normalidade no dia do voto.

Nas categorias dos juízes do TRE, o desembargador ressaltou a excelência dos julgamentos dos magistrados da Corte que, no ano passado, debruçaram-se sobre 4.300 processos de candidatura, em exíguos quatro meses. "Aqui se cria sólida jurisprudência eleitoral", afirmou Devienne. Os homenageados nessa categoria este ano foram: des. fed. Marli Marques Ferreira, Claudia Lúcia Fonseca Fanucchi, Luiz Guilherme da Costa Wagner Junior e André Guilherme Lemos Jorge (biênio 2014-2016).

Em seu discurso, o Procurador Regional Eleitoral Luiz Carlos dos Santos Gonçalves disse que o momento era de festividade ali no plenário, mas que não havia nada de festivo no nosso momento político, e lembrou as manchetes no jornal que revelam o caixa 2 como reinante no Brasil. "A Justiça Eleitoral tem um grande desafio pela frente para encontrar um caminho de eleições justas sem o predomínio do poder econômico", declarou. Na mesma linha falou Paulo Dimas de Bellis Mascaretti: " apesar de tantas adversidades no país, continuamos sonhando para melhorar os costumes, para prestigiar a ética. Sonhamos com um país em que o voto individual não seja nunca manipulado".

Em nome da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção São Paulo - discursou Luiz Silvio Moreira Salata, que ressaltou a alta qualificação dos homenageados e a importante contribuição dos advogados para a consolidação do processo democrático.

Curta nossa página oficial no Facebook www.facebook.com/tresp.oficial

Siga nosso twitter oficial @trespjusbr

Gestor Responsável: Seção de Jornalismo +